Friday, Jul 21st

Última actualização:08:25:23 AM GMT

Manchetes:
Você está aqui: Actividades da Embaixada Actividades da Embaixada 2000 - 2012 BAZZAR INTERNACIONAL DE INVERNO EM MOSCOVO MARCA ANUALMENTE A DIFERENÇA
 
na Rússia
 
Angola

BAZZAR INTERNACIONAL DE INVERNO EM MOSCOVO MARCA ANUALMENTE A DIFERENÇA

wb1

O bazzar Internacional de Inverno tornou-se um evento anual bem conhecido em Moscovo, pelo menos ao nível do corpo diplomático e mesmo em vários círculos russos.

O bazzar deste ano 2016 foi o 28º do género e é um dos mais antigos mercados festivos de Moscovo e movimentou desde diplomatas, homens de negócios, turistas, etc...Os embaixadores das Repúblicas da Roménia, Países Baixos, África do Sul, República Checa e Eslováquia estiveram presentes no fórum num universo de diplomatas de 56 embaixadas.

É anualmente um dos principais eventos porta-estandarte, que o Clube Internacional de Mulheres de Moscovo (IWC) utiliza para arrecadar fundos às suas obras de caridade ao longo da sua existência como organização filantrópica.

O certame atraiu quatro mil e quinhentas pessoas, de entre visitantes e compradores do público russo em dezenas de atracções expostas nos stands. Apoia por isso, inúmeros projectos na cidade de Moscovo, incluindo o Hospital de Crianças Speransky, o Lar para Órfãos da Madre Teresa, o Abrigo Neznaika e os Serviços Sociais da MPC.

O 28º Bazzar foi um evento multi-cultural onde a comunidade expatriada e os seus amigos russos uniram-se mais uma vez para arrecadar dinheiro e outros bens para caridade aos que mais necessitam.

Só para dar um exemplo, Luxemburgo, a Eslováquia e a república Checa, destacaram de forma permanente, um diplomata para acompanhar de perto todas as situações ligadas aos seus stands. O Stand angolano apresentou uma gama da realidade actual, com bens de consumo nacional diverso, entre produtos alimentares, culinária, roupas e artesanato numa demonstração das reais potencialidades culturais do nosso país.

O espaço foi decorado com dois belos quadros, fotos, a bandeira nacional e tapeçarias como "O Pensador", o maior símbolo da cultura angolana. Os visitantes encontraram expostos a farinha de mandioca, musseque e fina, a múkua, um fruto silvestre, o coco, a ginguba, o café nacional Ginga, de entre outros quitutes e doces angolanos assim como tecidos, trajes tradicionais, vassouras e cestos, sacolas, escovas de cabelo feitos à mão, bonecas tradicionais angolanas, instrumentos musicais com ornamentos da marca Angola. Países africanos como os Camarões, Cote D'Ivoire, Egipto, Ghana, Namíbia, Madagáscar, África do Sul e a Tanzânia também expuseram diversos produtos nacionais para satisfação dos visitantes.

Embaixadas de todo o mundo venderam os seus produtos tradicionais e alimentos, e muitos deles aproveitaram a ocasião, para exibir músicos dos seus países, dançarinos entre outros artistas que animaram o vasto programa cultural.

Visitantes locais e estrangeiros apreciaram a calorosa atmosfera, passearam pelos stands montados para completar a actividade descobrindo presentes de férias exóticas e guloseimas de cada terra participante num evento muito diversificado que retratou a criatividade multi-cultural de cada nação.

O custo dos bilhetes foi de 300 rublos por cada pessoa mas gratuito para crianças menores de 10 anos, fundos, aliás destinados a instituições onde residem pessoas que mais necessitam.

O bazar teve lugar num dos hotéis renomados da capital russa, no sábado, 28 de Novembro, das 10:00h às 16:00 horas nos arredores do famoso Metro Kievskaya.

wb2

wb3

wb4

wb5

wb6

wb7

wb8