Wednesday, Oct 23rd

Última actualização:08:25:23 AM GMT

Manchetes:
Você está aqui: Publicações Notas de imprensa, Artigos, Reportagens Discurso do Ministro das Relações Exteriores de Angola, dr. João Bernardo de Miranda, na 59ª Assembleia Geral das Nações Unidas (25 de setembro de 200
 
na Rússia
 
Angola

Discurso do Ministro das Relações Exteriores de Angola, dr. João Bernardo de Miranda, na 59ª Assembleia Geral das Nações Unidas (25 de setembro de 200

Versão para impressão

A tragédia ocorrida em Setembro último numa escola de Beslan, na Ossétia do Norte, continua a mobilizar as atenções dos círculos políticos e diplomáticos na Rússia.

As mulheres angolanas residentes na Rússia (esposas dos diplomatas e funcionárias da Embaixada de Angola) procederam, na 3ª Feira, a entrega de um donativo composto de peças de vestuário novo ao Centro Infantil de Reabilitação “Otradnoie”, onde estão internadas várias vítimas da acção terrorista de Beslan.

No dizer da Embaixatriz Palmira Monteiro, que dirigiu a delegação das mulheres angolanas, o gesto foi movido pela “esperança de podermos contribuir para o alívio de tão grande sofrimento”.

Na sala de aulas. Palmira Monteiro recordou que o Povo Angolano que sofreu, ao longo de vários anos de guerra, tem consciência do dever solidário para com as vítimas do terrorismo na Rússia, como são as crianças da escola de Beslan.

“O Povo Russo merece a nossa solidariedade na luta contra esse mal (o terrorismo) a que todos estamos sujeitos”, concluiu a Embaixatriz, que dirigiu a delegação de esposas dos diplomatas angolanos integrada pela senhora Antónia Cardoso e Justina de Almeida Bragança, a Secretária Executiva da Organização da Mulher Angolana (OMA) na Rússia e nos demais países da Comunidade de Estados Independentes (CEI).
Na sala de lazer.
Fotos:
1. Entrega donativo.
2. Na sala de aulas.
3. Na sala de lazer.

Sector da imprensa i cultura,
aos 11 de Novembro de 2004.