Thursday, Oct 19th

Última actualização:08:25:23 AM GMT

Manchetes:
Você está aqui: Publicações Notas de imprensa, Artigos, Reportagens Nota de Imprensa - Tajiquistão
 
na Rússia
 
Angola

Nota de Imprensa - Tajiquistão

Versão para impressão

tajiquistao p2070668O Embaixador angolano Joaquim Augusto de Lemos procedeu hoje, 7 de Fevereiro de 2013, a entrega das Cartas Credenciais à S. Excia Senhor Emomali Rakhmon, Presidente da República do Tajiquistão, que o acreditam como Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola neste país da Asia Central.
A referida actividade teve lugar no Palácio Presidencial e foi precedida de um encontro entre o Embaixador Angolano e o Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros da República do Tajiquistão Sobirov Mahmudjon.
Após a entrega das Cartas Credenciais, o Embaixador Joaquim Augusto de Lemos concedeu uma breve entrevista à comunicação social enfatizando o desenvolvimento das relações bilaterais com amplas perspectivas no campo económico, social e cultural.
Na cerimónia foram igualmente acreditados os Embaixadores das repúblicas do Egipto, Etiópia, Tailândia, Oman, Noruega, Áustria, Suécia e Espanha.
A República do Tajiquistão está situada na Asia Central e faz parte da Comunidade de Estados Independentes CEI.
Tem uma economia agro-industrial.
Isenta de qualquer contacto com o mar é a menor nação da Asia Central em termos de área. O seu relevo é montanhoso e encontra-se rodeado de cordilheiras, entre elas o Pamir e o Tian-Shan. Os rios Amur Daria e Panj marcam a fronteira com o Afeganistão.
A sua população está estimada em 6 milhões, 440 mil e 732 habitantes, cujo grupo étnico mais numeroso são os tajiques, contando com uma minoria considerável de uzbeques e russos. Seu idioma oficial é o tajique.
A grande maioria dos tajiques professa o Islão Sunita, embora exista uma considerável população Xiita. A República do Tajiquistão é independente desde 1991.
É de salientar que o Embaixador Augusto de Lemos já foi acreditado na Federação da Rússia, onde reside, e nas repúblicas do Uzbequistão, Cazaquistão, Turquemenistão e Ucrânia.